, , , , ,

ALGARAVIA – Breve Interminavel (CD), Instrumental Progressive a la King Crimson, Lacrado


ALGARAVIA – Breve Interminavel (CD), Instrumental Progressive a la King Crimson, com 2 percussionistas, faixas longas e muito bem executadas por excelentes músicos.

No contexto da segunda metade dos anos 90, o único álbum da ALGARAVIA surge como uma bela surpresa que certamente deveria ter recebido mais reconhecimento e deve chamar a atenção de um maior número de colecionadores de prog em todo o lado.

Este grupo criou uma combinação poderosa de rock fusion, jazz e um tipo domesticado de progressão carmesim, convenientemente abastecido com uma dose adequada de psicodélia estilosa.

Na verdade, rotularia esse trabalho como uma fusão mais jazz-prog com uma dose saudável de elementos ecléticos extras.

Breve e Interminável” não é um álbum breve, com 75 minutos de duração, mas, repito, não quer dizer que seja cansativo ou coisa parecida, já que a criatividade está sempre presente ao longo de todo o repertório.

Agora, vamos emprestar nossas eras ao próprio repertório, está bem? O opener ‘Crimsoniana‘ carrega aquela vibração de guitarra dupla que gerou diálogos peculiares no formato KC dos anos 80, mas basicamente, o elemento de fusão (entregue com alguma agressividade) é o mais predominante.

ALGARAVIA antecede um truque sonoro que alguns anos depois encontraremos nos álbuns de Mar de Robles e Gurth, por exemplo.

Lamento‘ e ‘Variacoes Sobre Tema Nenhum‘, que juntas ocupam um espaço de mais de 20 minutos, aproveitam ao máximo suas próprias salas para expandir os ambientes desenvolvidos em seus próprios temas e variações.

A guitarra principal tem um papel de protagonista, sendo frontalmente rock na primeira peça e mais orientada para o jazz & funk na segunda.

A peça seguinte, ‘Cellula Mater‘, combina os dois fatores com o objetivo de elaborar uma sofisticação aprimorada que acaba sendo uma das peças mais explicitamente emocionantes do álbum.

Crisalida‘ muda para um clima muito diferente, de calor suave e nostalgia doce, alimentado com frases de guitarra no estilo Akkerman e enraizado em uma atmosfera outonal acinzentada.

Mosaico‘ parece começar com a languidez da faixa anterior, mas uma vez que o corpo principal se estabelece, a estrutura de fusão-prog com agressividade de equilíbrios retorna tão reconhecível quanto um amigo para toda a vida. Mais uma vez, a referência a Mar de Robles vem à minha mente.

Quimera‘ tem um lado permanentemente mais suave, bastante relaxante na verdade, convenientemente atenuado por reviravoltas carmesins: então, a segunda seção traz um poder de balanço que brilha em todo esplendor.

Outro destaque deste álbum. ‘Bebop Blues‘ é bastante fiel ao seu título com seus tons de blues e be-bop, mas a fusão orientada para o carmesim reaparece solidamente no desenvolvimento do corpo principal. Eu sinto essa peça como uma irmã mais nova de ‘Cellula Mater‘.

A imagem completa do álbum se completa com ‘Iluminancia‘, cujos primeiros minutos são dominados por ambientes misteriosos, tornando-se então mais intensos sem deixar de lado a vibração contemplativa. A coda, entregue em violão clássico solo, perpetua o espírito romântico que impregnou o núcleo da faixa.

Então, “Breve e Interminável” é uma joia do rock progressivo moderno (pós-anos 80, quero dizer), que não deve ser esquecida? Eu o recomendo como um ótimo complemento para qualquer boa coleção progressiva e, é claro, um dos muitos exemplos das contribuições poderosas (embora não bastante reconhecidas) que os países sul-americanos têm trazido para a preservação do rock artístico em todo o mundo.

NOSSOS CATÁLOGOS ATUALIZADOS

Tire suas dúvidas pelo whatsapp, fixo ou email. Abra nossos catálogos atualizados:

Progressive-Jazz-RockIMP-NAC-3-Abas-CDs-LPs-DVDs-Megaprog-Catalogo : https://bit.ly/35w4Sor

Metal+Classic-Pop-Rock-IMP-NAC-7Abas-CDs-LPs-DVDs-Megaprog-Catalogo: https://bit.ly/3joHMF2

R$ 49.00

Tracks Listing

1. Crimsoniana (5:10)
2. Lamento (11:20)
3. Variações Sobre Tema Nenhum (9:00)
4. Cellula Mater (9:07)
5. Crisálida (5:25)
6. Mosaico (6:20)
7. Quimera (9:47)
8. Bebop Blues (8:40)
9. Iluminância (10:30)

Total Time 75:40

Line-up:

– Fred Herbaud / vocals, guitars and keyboards
– Sidney Jaires / electric and acoustic guitar
– Jean-Jacques Herbaud / bass
– Albert Pimenta / drums

Based on 0 reviews

0.0 overall
0
0
0
0
0

Be the first to review “ALGARAVIA – Breve Interminavel (CD), Instrumental Progressive a la King Crimson, Lacrado”

There are no reviews yet.

Você também pode gostar de…

X